Encontra de Pedagogias da Teatra

PERFORMANCE: AMAMENTA-SE ZEUS LEITE DE PICADURA; ZANGÃO NÃO FAZ MEL, MAS TAMBÉM NÃO MAMA

COM Caz Ângela Apolinário Rodrigues (TO/BA)

Caz Ångela Apolinário Rodrigues

Amalteias, as más teias, as amas, as armas meladas, Melissas, ninfas que dão de comer, alimentam a divindade; mas de que “divino” se fala? É alimento a fala, o falo? Pensando nas que sempre foram negadas ao leite, mas que até aos deuses amamentaram esta performance intenc(s)iona inverter a luz sobre a mesa, as tetas, sobre a cama, sobre nossas corpas e no ato performático questionar o que é o leite, o que é o mel, o que se come, o que se goza, o que é prazer, o que é nutrição; o que é dar, dar sustento ao organismo, ao social, ao espírito? Através do contato direto com o público a performer dá e recebe os questionamentos que são sua fome e sua própria comida. Quem come? Quem alimenta? Quais corpos come? Quais nutre? A vivência performativa será desenvolvida por Caz Ångela Apolinário Rodrigues, estudante do Bacharelado Interdisciplinar em Artes do IHAC/UFSB. Trata-se de um programa concebido no quadro de uma série contínua nomeada Pacote de Performances de Autocuidado e de Proteção.

Atividade gratuita e aberta ao público.

>>> Saiba mais sobre a Encontra de Pedagogias da Teatra

QUANDO

10 de março, terça, das 17h às 18h

ONDE

Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa (Rua Vergueiro, 1.000. Próximo ao Metrô Vergueiro)