Project Description

Laboratorio o

 08 a 12/03 – 21h | Local: Casa do Povo

Companhia

Cristian Duarte em companhia

Direção

Cristian Duarte

Entrada Franca
retirada de senha 1h antes

Ficha Técnica

Produção: Cristian Duarte em companhia e Lote Osso
Cocriação: Aline Bonamin, Bruno Levorin, Cristian Duarte, Felipe Stocco e Tom Monteiro
Coreografia e direção: Cristian Duarte
Assistência de coreografia e dramaturgista: Bruno Levorin
Dança: Aline Bonamin e Felipe Stocco
Composição musical: Tom Monteiro
Iluminação: André Boll
Fotografia: Haroldo Saboia
Design gráfico: Renan Costa Lima – Estúdio Tropical
Concepção e produção de figurino: Cristian Duarte, Bruno Levorin, Aline Bonamin e Felipe Stocco
Consultoria de Figurino: Daniel Lie
Vibração: Rafaële Giovanola
Provocação: Thiago Granato
Produção executiva: Cristian Duarte e Lote Osso
Produtor da Cristian Duarte em companhia: Daniel Cordova
Realizado com o apoio de 17º Programa de Fomento à Dança da Secretaria de Cultura do Município de São Paulo. Em cooperação com CocoonDance Bonn (D)
Coproduzido por Cristian Duarte, Bruno Levorin, Aline Bonamin, Felipe Stocco, Tom Monteiro (BR), Théâtredu Crochetan Monthey (CH), Theaterim Ballsaal Bonn (D)
Apoio de Ministeriumfür Familie, Kinder, Jugend, Kulturund Sport des Landes Nordrhein-Westfalen, Kunststiftung NRW, Bundesstadt Bonn and Théâtre-ProValais, Le Conseil de la Culture Etatdu Valais, La LoterieRomande
Apoio complementar de Goethe Instituut São Paulo (BR)

Sinopse

Ó é uma coreografia inédita criada dentro da residência artística Lote Osso, na qual Cristian Duarte vem desenvolvendo sua pesquisa em dança desde 2011.O mito de Orfeu disparou uma vontade reflexiva sobre como ressignificar o discurso relacional presente na narrativa grega. Na insistência por estabelecer um pensamento distante do hemisfério trágico, o olhar para trás de Orfeu, que o fez supostamente abandonar todo seu investimento libidinal por Eurídice, tornou-se um juízo. Toda escolha se depara com encruzilhadas e eleger um mundo que compreende o gesto de olhar para trás, com todas as metáforas que isso deve e pode designar, traz ao trabalho um movimento que apreende o futuro, próximo de uma ecologia dos afetos e distante da frontalidade obediente incapaz de torcer os sentidos.

Histórico

Cristian Duarte é coreógrafo, diretor e bailarino atuante em São Paulo. Seu trabalho como coreógrafo tem sido apresentado no Brasil, onde sua produção vem sendo reconhecida pelos principais prêmios de dança nacionais, e em outros países como Suécia, Cingapura, Espanha, Alemanha, Holanda, França, Inglaterra, Portugal, Bélgica e Chile. Dentre as principais criações, estão Embodied (2003), Médelei – Eu Sou Brasileiro (etc.) e Não Existo Nunca (2006), The Hot One Hundred Choreographers (2011) e Biomashup (2014).

Sua formação passou pelo São Paulo com Estúdio e pela Cia Nova Dança, entre 1995 e 2000. Graduou-se em 2002 na P.A.R.T.S. – Performing Arts Research and Training Studios, escola dirigida pela coreógrafa belga Anne Teresa de Keersmaeker, em Bruxelas. Foi cocriador da plataforma Desaba com Thelma Bonavita, e da plataforma A Piece…Together?, com Paz Rojo. Desde 2011 desenvolve a residência artística Lote -com o princípio de estimular práticas de trabalho compartilhado e a experimentação em dança. Em sua quarta edição, Lote Osso tem subsídio do 17º Programa de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo.

Em 2015 criou Against the Current, Glow para o Cullberg Ballet em Estocolmo, Suécia, onde foi também professor e coreógrafo convidado pela DOCH – University of Dance and Circus em 2013 e 2015.

Share