Hotel Mariana

Direção: Herbert Bianchi
Quando: Dia 7 e 8/3 às 20h
Onde: Complexo Cultural Funarte SP 
Duração: 70 minutos – com legenda
Classificação indicativa:  Acima de 14

Sinopse

Eram quase 15h30 de 5 de novembro de 2015, um dia quente como de costume no vale do Rio Doce, quando a barragem de rejeitos de minérios de Fundão, em Mariana (MG), com cerca de 55 bilhões de litros de lama espessa, rompeu-se sobre os distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo. Hotel Mariana leva ao palco depoimentos perturbadores e surpreendentes que evidenciam a simplicidade de pessoas que perderam tudo ou quase tudo no mais grave desastre ambiental da história do Brasil. Da criança do grupo escolar ao velho da Folia de Reis, do ativista de direitos humanos à aposentada que escreve poemas, somos convidados a escutar os sobreviventes que, com suas histórias, traçam um panorama político, histórico e cultural do nosso país.

Histórico 

Hotel Mariana foi criado a partir de relatos de sobreviventes da tragédia de Mariana coletados uma semana após o desastre. Com direção de Herbert Bianchi, que também assina a dramaturgia em parceria com Munir Pedrosa, idealizador do projeto, a peça usa a técnica verbatim e tem em cena atores que usam fones de ouvido e reproduzem instantaneamente os relatos reais que estão ouvindo.

Contemplado pelo edital de obras inéditas do ProAC em 2016, a peça estreou em maio de 2017 no teatro Os Satyros, em São Paulo, em uma temporada de 31 apresentações. Em janeiro deste ano, teve início a segunda temporada, no Sesc Vila Mariana. O espetáculo foi indicado ao Prêmio Shell 2017 na categoria autor (o resultado será conhecido em março de 2018, quando ocorrerá a premiação).

Ficha Técnica

Idealização e pesquisa: Munir Pedrosa
Direção: Herbert Bianchi
Elenco: Angela Barros, Bruno Feldman, Clarissa Drebtchinsky, Fani Feldman, Isabel Setti, Letícia Rocha, Marcelo Zorzeto, Munir Pedrosa, Rita Batata, Rodrigo Caetano
Dramaturgia: Munir Pedrosa e Herbert Bianchi
Assistente de direção: Letícia Rocha
Designer de luz: Rodrigo Caetano
Cenário: Marcelo Maffei e Herbert Bianchi
Cenotécnico: Marcelo Maffei
Figurinos: Bia Piaretti e Carol Reissman
Direção de produção: Munir Pedrosa
Realização: MUN Cultural

“…Quando o a vida superpõe-se à ficção, nada mais coerente que trazer a pungência realista a primeiro plano, no que também é chamado de “Teatro Real”…
João Luiz Vieira – Jornalista e dramaturgo – Revista Bravo! – 19/07/2017

Compartilhar
2018-03-06T14:03:02+00:00 22 de Fevereiro de 2018|MITbr-espetaculos|