AudioReflex

--AudioReflex

Conceito e direção artística: Sigrid Gareis
*Os arquivos começam a ser disponibilizados ao público no dia 3 de março, às 15h. As obras poderão ser ouvidas gratuitamente na internet por período indeterminado e qualquer visitante pode realizar o percurso no museu utilizando seu próprio celular.
Museu da Imigração

Sinopse

Enquanto na Alemanha o debate sobre o drama dos refugiados – e seu asilo no país – diz respeito sobretudo a Síria, Albânia e Kosovo, no caso do Brasil está relacionado ao continente africano, já que desde 2000 tornou-se um destino frequente de imigrantes de lá e também do Haiti. Quais as diferenças e/ou relações entre os processos de migração ao longo do tempo nas cidades de Munique e São Paulo? Como se dá a integração dos imigrantes nesses países de contextos sociais, políticos e econômicos tão diversos? Essas questões serviram como disparadores para o projeto AudioReflex. Os artistas Ariel Efraim Ashbel, nascido em Tel Aviv (Israel) e residente na Alemanha, Claudia Bosse, natural da Alemanha, mas moradora de Viena (Áustria), e Rita Natálio, portuguesa que vive entre Lisboa e São Paulo, vão criar obras sonoras, audio tours, para o Museu da Imigração, localizado no bairro da Mooca, na capital paulista.

Histórico

Com direção artística de Sigrid Gareis, o projeto AudioReflex envolve artistas atuantes no Brasil (José Fernando de Azevedo, Alejandro Ahmed e Rita Natálio) e na Alemanha (Ariel Efraim Ashbel, Suli Kurban e Claudia Bosse). O programa foi estruturado em quatro etapas: duas oficinas com todos os participantes, realizadas em Munique e em São Paulo em 2017, e dois períodos de criação artística em cada uma das cidades. Três obras sonoras já foram criadas no Stadtmuseum, na Alemanha, e lançadas  durante o festival SPIELART.  Agora o projeto será realizado no Brasil, no Museu da Imigração, onde as pesquisas dos artistas e as narrativas sonoras serão criadas e disponibilizadas ao público.

Ficha Técnica

Conceito e direção artística: Sigrid Gareis
Artistas criadores:
em São Paulo: Ariel Efraim Ashbel, Claudia Bosse, Rita Natálio
em Munique: Alejandro Ahmed, José Fernando de Azevedo e Suli Kurban
Produção: Musetech – Christophe Buffet
Realização: Goethe-Institut São Paulo, em parceria com o Museu da Imigração do Estado de São Paulo, MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, festival SPIELART Munique e Münchner Stadtmuseum

Compartilhar
2018-02-14T19:44:10+00:00 14 de Fevereiro de 2018|Audio Tours|