Campo Minado

--Campo Minado

Reserve seu ingresso*

Direção: Lola Arias
1/3 às 20h | 2/3 às 20h | 3/3 às 20h | 4/3 às 19h
Teatro Sesi SP
1h40min de duração

*É preciso fazer um cadastro rápido para reservar o seu ingresso.
Nos dias de apresentação do espetáculo, uma cota de ingressos estará disponível para distribuição na bilheteria, a partir das 13h

Pensamento-em-Processo

2/3 após a apresentação
Teatro Sesi SP

Diálogos Transversais

Com Marcio Seligmann-Silva
após a apresentação
Teatro Sesi SP

Espaço de ensaios

Texto de Ana Bernstein (UNIRIO)

Sinopse

Campo Minado reúne argentinos e ingleses que lutaram na guerra das Malvinas (1982), para investigar o que permaneceu em suas mentes, passados mais de trinta e cinco anos do conflito armado entre Argentina e Reino Unido pelo controle da região. Em um set de filmagem transformado em máquina do tempo, seis ex-combatentes são levados a reconstruir as suas experiências de guerra e memórias. O único laço que eles têm em comum é o fato de serem veteranos. Mas o que isso significa? Um sobrevivente, um herói, um louco? O espetáculo examina as marcas deixadas pela disputa, a relação entre a experiência e a ficção e as formas de representação da memória.

Histórico

Nascida em Buenos Aires, em 1976, Lola Arias é diretora de teatro, escritora e performer. Colabora com artistas de diversas áreas, em projetos de teatro, literatura, música, cinema e arte. Suas produções jogam com as zonas de sobreposição entre a realidade e a ficção. Escreveu e encenou Minha Vida Depois, Familienbande, That Enemy Within, El año en que nací, Melancolia e Manifestações, The Art of Making Money, The Art of Arriving, Campo Minado e Atlas of Communisms, entre outros. Lola também concebeu a exposição Stunt Double e apresentou a performance de longa duração Audition for a Demonstration em Berlim, Praga, Atenas e Buenos Aires. Em parceria com Ulises Conti, Lola compõe e toca música. Publicou poesia, ficção e peças de teatro. Seus espetáculos foram encenados em vários festivais e palcos, incluindo Lift Festival, Festival de Avignon, Theater Spektakel, Wiener Festwochen, Festival Theaterformen, Spielart Festival, Alkantara Festival, Under the Radar, e apresentações nos palcos do Theatre de la Ville, Red Cat LA, Walker Art Centre, Museum of Contemporary Art Chicago e Royal Court London.

Ficha Técnica

Dramaturgia e direção: Lola Arias
Elenco: Lou Armor, David Jackson, Gabriel Sagastume, Ruben Otero, Sukrim Rai, Marcelo Vallejo
Pesquisa e produção: Sofia Medici, Luz Algranti
Cenário: Mariana Tirantte
Compositor: Ulises Conti
Iluminador e direção técnica: David Seldes
Concepção de vídeo: Martin Borini
Engenheiro de som: Roberto Pellegrino / Ernesto Fara
Assistente de direção: Erika Teichert / Agustina Barzola
Assistente técnico: Imanol López
Assistente de produção: Lucila Piffer
Assistente (Reino Unido): Kate O’Connor
Figurino: Andrea Piffer
Produtores da LIFT (Reino Unido): Erica Campayne, Carolyn Forsyth, Matt Burman
Produtor Associado: Gema Films

Campo Minado foi originalmente encomendado e co-produzido pela LIFT, Royal Court Theatre, Brighton Festival, Universidad Nacional de San Martín, Theaterformen, Le Quai Angers, Künstlerhaus Mousonturm, Maison des Arts de Créteil, Humain Trop Humain / CDN de Montpellier and Athens & Epidaurus Festival. E apoiado pelo Arts Council England, British Council and The Sackler Trust.

Apoio: British Council, Embaixada da República Argentina na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, Arts Council England, The Sackler Trust.

Compartilhar
2018-03-06T13:58:02+00:0029 de janeiro de 2018|Espetáculos|